24 de junho de 2021
Mais
    Capa Notícias Política Prefeitos e secretários da região discutem ação conjunta contra a Covid-19
    SUDESTE DE MT

    Prefeitos e secretários da região discutem ação conjunta contra a Covid-19

    Gestores apresentaram números do avanço da pandemia e podem editar decretos conjuntos para aumentar eficiência das ações na região

    Imagem: reuni prefeitos Prefeitos e secretários da região discutem ação conjunta contra a Covid-19
    O prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio, sugeriu união dos municípios para fortalecer combate à pandemia – Foto: Varlei Córdova/Agora MT

    Prefeitos e secretários de Saúde de 13 municípios se reuniram hoje (07) em Rondonópolis para avaliar o avanço da pandemia de Covid-19 na região sudeste de Mato Grosso. O encontro foi proposto pelo prefeito José Carlos do Pátio e é o primeiro passo visando uma ação coordenada para enfrentar a doença.

    A reunião começou por volta das 09h30 e prossegue no auditório da Secretaria de Saúde de Rondonópolis. Representantes dos municípios estão apresentando os números e informações sobre as ações tomadas em cada cidade.

    A expectativa é de que, ao final do encontro, sejam definidas ações compartilhadas. Uma das propostas prevê que os municípios editem decretos conjuntos, a exemplo do que fizeram os quatro prefeitos do Vale do São Lourenço.

    A decisão de atuar conjuntamente ganhou força nos últimos dias devido ao aumento do número de casos e o colapso na rede hospitalar em Rondonópolis – município que serve de referência para as 19 cidades que compõe o polo regional.

    Imagem: reuni prefeitos secretario Prefeitos e secretários da região discutem ação conjunta contra a Covid-19
    Risco de colapso na rede hospitalar é uma das maiores preocupações dos prefeitos e secretários – Foto: Varlei Córdova/Agora MT

    A maior preocupação é com a falta de leitos de UTIs. Apesar de ter dobrado a capacidade instalada na rede pública, Rondonópolis voltou a enfrentar problemas para atender a demanda crescente.

    Na semana passada os 60 leitos de UTIs ficaram lotados durante várias dias. Conforme o boletim divulgado ontem, a cidade tem agora apenas dois leitos disponíveis. Além disso, há também a preocupação da falta de medicamentos do chamado ‘kit intubação’.

    A reunião de hoje é a segunda iniciativa visando articular uma ‘frente única’ contra a Covid-19 na região. Na semana passada presidentes de câmaras e de comissões legislativa de Saúde de vários municípios também se reuniram em Rondonópolis para discutir ações conjuntas.