Foto: Hiago Arruda

O estudante Hiago Manoel Traz que representou Mato Grosso no Encontro Nacional “O Impacto das Grandes Obras e a Violação de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes – Desafios para Prevenção da Violência Sexual” afirmou que a reunião que aconteceu no começo da semana, em Rondônia, com a ministra Maria Rosário Nunes foi muito produtiva.

Hiago explicou que teve a oportunidade de falar com a ministra e apresentar uma síntese dos problemas existentes no estado em relação à exploração sexual de crianças e adolescentes. “Infelizmente Mato Grosso é um dos estados que não tem uma comissão parlamentar que lute em defesa da exploração de crianças. Queremos ter um contato maior com o poder público, não precisamos de recursos, mas de apoio”, comenta.

Leia também:  Fórum Superação traz Ali Baddauhy Júnior para debater com empresários

A maior preocupação neste momento em relação à exploração infantil é com as grandes obras e eventos da Copa do Mundo em 2014, que faz com aumente o fluxo de pessoas no estado. “Até agora os representantes da Agecopa não tiveram o interesse de fazer algo em combate a esse crime, precisamos iniciar um campanha em aeroportos, cinemas e pontos turísticos usando também a língua estrangeira para que possamos evitar o problema no nosso Estado”, fala.

O estudante afirmou que durante o encontro a ministra demonstrou interesse e apoio a causa. Maria Rosário assinou um acordo se comprometendo em levar os problemas apresentados até a presidente Dilma Rousseff para que ela cobre atitudes do poder público.

Leia também:  Concessionária Rota do Oeste apesenta soluções para travessia urbana na BR-163 e 364

 

 

 

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.