Um jovem identificado como Rodrigo de Souza Barbosa, 25 anos morreu após ter sido linchado no garimpo que recentemente voltou a ser explorado de forma ilegal no município de Pontes e Lacerda, (671 Km de Rondonópolis), neste domingo (13).

As agressões ocorreram momentos depois de ele ter supostamente atirado de forma acidental em um adolescente de 13 anos, o que causou a revolta dos demais garimpeiros. Rodrigo foi levado para a Santa Casa daquele município, onde morreu.

De acordo com informações, a Polícia Militar (PM) foi chamada mas, quando chegou, os agressores já tinham fugido e o jovem foi deixado na estrada, ainda vivo.

Conforme o boletim de ocorrência, Rodrigo estava com o rosto inchado, não respondia a estímulos e estava respirando com dificuldade. Os policiais o colocaram na viatura e o levaram até a Santa Casa de Pontes e Lacerda, mas, por volta de 23h, morreu.

Leia também:  Concessionária é acionada para resolver problema e carro pega fogo após curto circuito

O menor de idade está internado no Hospital Regional de Cáceres, a (450 Km de Rondonópolis). Ele passou por cirurgia e está em estado grave, como informou a unidade de saúde. Barbosa teria acertado a testa do adolescente quando estava manuseando a arma, segundo informações da Polícia Civil.

O garimpo da “Serra da Borda” voltou a ser ocupado há cerca de duas semanas. A exploração do ouro foi declarada ilegal pela Justiça Federal e a desocupação ocorreu no mês passado.

No entanto, duas mil pessoas voltaram ao local.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.