Agora MT Política Senado aprova projeto que prioriza recursos para rodovias com mais acidentes
PLANOS DE INVESTIMENTO

Senado aprova projeto que prioriza recursos para rodovias com mais acidentes

A decisão foi favorável à aprovação do PL

Fonte: ASSESSORIA

Imagem: senador wf1 Senado aprova projeto que prioriza recursos para rodovias com mais acidentes

Wellington Fagundes destacou a importância da medida-Foto: William Sant’Ana/ASSESSORIA

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (14), o Projeto de Lei nº 2.931/2022, que determina a prioridade dos trechos de rodovias federais com mais acidentes nos planos de investimento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), de autoria do senador Jayme Campos (União/MT), e relatado pelo senador Wellington Fagundes (PL/MT).

Segundo Jayme, em 2021 a Confederação Nacional do Transporte estimou em R$ 12,9 bilhões o custo dos acidentes ocorridos em rodovias federais. A proposta visa direcionar os recursos do DNIT para onde há mais potencial de salvar vidas e reduzir danos materiais, em conformidade com os princípios constitucionais da preservação da vida e da eficiência na prestação de serviços públicos.

Wellington Fagundes destacou a importância da medida, lembrando os mais de 5 mil mortos registrados todos os anos em rodovias federais. “Esse projeto é fundamental para melhorar a segurança viária, reduzindo tanto perdas humanas como materiais. Em Mato Grosso, por exemplo, temos as rodovias BR-163 e BR-364, que são as 7ª e 8ª rodovias mais perigosas do país, respectivamente, essas estradas têm registrado um alto número de acidentes”, ressaltou.

A decisão foi favorável à aprovação do PL, com uma emenda do relator para substituir a expressão “acidentes” por “sinistros” em todo o texto do projeto, alinhando-o com a terminologia atual. O texto agora será encaminhado para análise na Câmara dos Deputados.

Relacionadas

PM derruba ‘boca de fumo’ e trio de adolescentes é apreendido em Rondonópolis

Três adolescentes, sendo dois homens e uma mulher, foram apreendidos pelo Grupo de Apoio (GAP) da Polícia Militar (PM), na noite desta sexta-feira (14),...

Comissão do Senado adia votação de projeto que legaliza cassinos e bingos no Brasil

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado adiou novamente a votação do projeto que legaliza cassinos, bingos e jogo do bicho no...

STF forma maioria para tornar André Janones réu por ofensas a Jair Bolsonaro

O STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria para tornar réu o deputado federal André Janones (Avante-MG) por calúnia e injúria contra o ex-presidente Jair...

Polícia procura por autor de feminicídio em Guiratinga; a vítima foi esfaqueada até a morte

Equipes das policias militar e civil procuram por Matheus Martins de Araújo, 23 anos, apontado como o autor do crime de feminicídio de Jhulia...

PF investiga furtos de cargas e peças de veículos acidentados em Mato Grosso

A Polícia Federal, com o apoio da Corregedoria da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso, deflagrou nesta quarta-feira (12), em Alto Araguaia-MT e Santa...

PL e PT ficam com maiores fatias do fundo eleitoral de R$ 4,9 bilhões em 2024

O PL e o PT são os partidos que receberão as maiores fatias do fundo eleitoral nas eleições de 2024. O TSE (Tribunal Superior...

Mato Grosso bate recorde histórico com abate de 627 mil cabeças de gado em maio

Mato Grosso abateu 627 mil cabeças de gado em maio deste ano e atingiu uma marca histórica com o maior volume mensal de animais...

Perfis do ‘jogo do Tigrinho’ incomodam usuários no Instagram e WhatsApp

Nos últimos dias, usuários do Instagram no Brasil ganharam novos seguidores com frequência. O problema é que isso nada tem a ver com popularidade: os...

Ministro da Agricultura promete novo e mais eficiente leilão do arroz

O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, disse hoje (12) que está previsto um novo leilão do arroz, com data ainda a ser confirmada. Desta...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas